domingo, 6 de dezembro de 2015

Meu dia preferido é hoje

Já fui dessas de sofrer pelo passado, pensar no que tinha perdido, me arrepender pelo que não fiz, pelo que não disse... então, tive depressão. 
Dizem que a depressão é o excesso de passado em nossas mentes, e realmente é.

Depois, mais velha, comecei a pensar só no amanhã, só no que estava por vir, sem saber se realmente viria, e comecei a sofrer de ansiedade, que dizem ser o excesso de futuro em nossas mentes... então, tive gastrite e pneumonia aspirativa, em decorrência da primeira. (Amanhã comemoro um ano da pneumonia.)

Essas duas situações, serviram para me mostrar muitas coisas importantes. Hoje, resolvi compartilhar esse aprendizado.
O passado, por mais distante que tenha ficado, me fez quem eu sou hoje, uma pessoa mais experiente. 
Uma pessoa lapidada por inúmeros erros, que se tornou melhor em algumas coisas e pior em outras. 
Uma pessoa que nem por isso deixou de cometê-los, às vezes os mesmos, outras vezes diferentes, mas sempre errando.

O futuro, engraçado, nunca chega. Sempre o estamos esperando. Passamos noites sem dormir à sua espera. Planejamos, sofremos por sua distância que nunca tem fim. Esse tempo incerto que nem ao menos sabemos se virá. 

Após essa angústia por futuro me fazer ficar de cama uma semana, senti como se a vida estivesse me sacudindo e dizendo: Ei, você, pare! 
Uma pausa forçada para perceber o que eu estava deixando passar: o hoje.

Esse que nos chega todas as manhãs, logo ao abrirmos nossos olhos, que nos traz magníficas surpresas, oportunidades, pessoas... Esse mesmo que nos agracia com uma boa chuva, ou um calor difícil de suportar, algumas tragédias difíceis de aceitar e entender... Mas ele está aqui, bem diante dos nossos olhos e ao alcance de nossas mãos, para fazermos dele o que quisermos.

As lágrimas que chorei ontem, hoje secaram. Os erros que cometi ontem, hoje se repetem, ou não. Os medos que tive ontem, talvez os tenha hoje, ou não.
Os desejos que tenho para amanhã, preciso começar a realizá-los hoje. 
Para me tornar melhor amanhã, preciso começar a me mudar hoje. Todos os dias, até o fim. 

Ontem, hoje e amanhã. 

Precisamos prestar atenção ao hoje, para não cometermos erros maiores do que ontem e, assim, não prejudicarmos nosso amanhã.

Quando entendemos a importância que tem o momento presente em nossas vidas, somos gratos por quem o passado nos fez e trabalhamos arduamente para levar o melhor de nós para o futuro.

Desejo a você que leu, um futuro recheado de grandes coisas que começaram a ser aprendidas e sonhadas desde ontem e que estão sendo lindamente trabalhadas HOJE.

Não precise adoecer para que possa entender isso.




Nenhum comentário: