sábado, 6 de junho de 2015

Ser homem e ser mulher não importa o perfume

Obviamente, não nasci sob o sexo masculino para sentir na pele o que é ser homem, mas tive um pai, três irmãos, marido e filho (que pretendo que seja um grande ser humano).
Sem contar os amigos, paqueras, namorados...enfim...
Já do assunto ser mulher, entendo bem.
E aproveitando o mês de junho, que é o mês do amor comercial e do orgulho LGBT vou fazer um especial sobre homens, mulheres e relacionamentos.


Na sociedade em que fomos criados, os homens foram educados para serem os machos comedores e as mulheres para manterem suas bocas e pernas bem fechadas.
Então, já que crescemos numa visão distorcida sobre gêneros, vou falar um pouco aqui sobre o que eu penso ser cada um e ao mesmo tempo os dois.

O que é ser homem ou mulher? (ou o que deveria ser, na minha visão)

Homem deveria, em primeiro lugar, respeitar a mulher. 
Porque afinal de contas, todos nós fomos gerados por uma e, por isso e, somente por isso, devemos reconhecer a mulher como um ser sagrado, já que é em seu ventre que a existência se faz plenamente.
Quando falo em respeito, falo em colocar-se no lugar do outro e não fazer com ele o que gostaria para si. Independente do gênero.
Um homem, jamais deveria olhar para uma mulher como um objeto, porque não gostaria que olhassem para sua mãe, irmã ou filha como um. 
Mas os pais (e mães) educavam (e ainda educam) seus filhos para que passassem o rodo em qualquer mulher que "desse sopa".(Prendam suas cabras, porque meu bode está solto! - quem nunca ouviu tal frase?) 
E assim o mundo foi se enchendo desses trastes que ainda vemos aos montes por aí... 

E se... seu filho não gostar de mulheres? 
E se... sua filha gostar de mulheres ao invés de homens?

É chegada a hora de mudarmos a forma de criar nossos dependentes para esse novo mundo.
Ensinar que chamar uma pessoa de gay, não é xingamento ou ofensa. 

Homens e mulheres deveriam simplesmente ser IGUAIS. Simplesmente HUMANOS.

Ser homem ou ser mulher é ter palavra, porque palavra desde os tempos mais remotos para as pessoas de boa índole, vale mais que ouro (prometer e cumprir, se não puder,  se justificar e pedir desculpas).

Ser homem ou ser mulher é honrar seu compromisso - seja namoro, noivado, casamento - não enganando, traindo ou mentindo para a pessoa que está ao seu lado.

Um homem ou uma mulher de verdade não some da vida de outra pessoa, mesmo que tenha um affair de uma noite, sem dar uma explicação, porque simplesmente, as pessoas não devem ser tratadas como coisas. Se você não tem interesse em prosseguir, reencontrar a pessoa, simplifique, diga e se for o caso, nem peça o telefone.

Um homem ou uma mulher de verdade não precisa gostar de pessoas do sexo oposto.
E não devem, sob nenhuma hipótese, sentir vergonha do que são, por causa do preconceito que ainda é muito grande.
Afinal, homens, mulheres, seres sexuais, são vítimas de preconceito desde que o mundo é mundo. 
E mesmo assim se amam.
Porque o amor independe de gênero.






Nenhum comentário: