domingo, 15 de abril de 2012

Vamos deixar pra depois...

Há tempos estou com vontade de escrever algo sobre deixar para depois.
Inclusive eu mesma há tempos não escrevo um post, porque tenho deixado para depois...
Escrevo especialmente para as pessoas, que como eu, gostam de deixar para depois o que não pode esperar.
Eu tento fazer as coisas no tempo, mas ultimamente o tempo está tão escasso que tenho protelado.
Mas a correria da vida tem feito com que deixemos para depois as amizades, os relacionamentos...
Achamos que tudo pode esperar.
Que não vai estragar, que não vai sucumbir...
Que as pessoas estarão sempre disponíveis e à nossa espera.
Uma coisa apresenta um defeito e esperamos até que uma pequena fissura, se torne uma cratera e engula tudo numa só tragada.
Não é bem assim. 
As pessoas se cansam, as coisas se estragam... 
E por aí vai...
Eu estou protelando muita coisa. 
Mas não protelo pessoas. 
Isso nunca.
Mas tenho visto que nem sempre existe reciprocidade.
Estou cansada das pessoas que só lembram de me procurar quando estão mal. 
Que marcam as coisas e não dão nem satisfação.
Outras que combinam várias coisas com várias pessoas para o mesmo dia.
Pessoas que sempre esperam o pior acontecer e deixam uma coisinha boba tomar proporções catastróficas simplesmente para fazer depois... 
Depois que a merda já estiver feita.
Ou que tem tempo pra tudo, menos pra dar atenção de volta.
Sempre muito ocupados, achando que você vai estar ali para sempre, esperando...
Até quando?!
As vezes, é necessário deixar a luz vermelha do INDISPONÍVEL acesa.
É isso. 


3 comentários:

Unknown disse...

Vamos adiando tanta coisa na nossa vida que quando vamos ver pessoas importantes, coisas importantes, foram deixadas de lado quando devíamos deixar para depois palavras que magoam os outros, ações que nos machucam, tempos desperdiçados com coisas fúteis.

Elaine disse...

Muito bom amiga! Obrigada por ainda se lembrar de mim. Sabe que amo vc e seu blog tb.Já tava sentindo falta, ainda essa semana que passou dei um olhada pra ver se não tinha nenhum post novo.Esse foi bem legal! Bjos da sua amiga, Elaine.

Historias... As vastas faces de Mim disse...

verdade... quando paramos de nos importar, de nos dedicar... elas percebem o quanto fazemos falta ou não...
otimo texto!!