terça-feira, 24 de abril de 2012

Papel Amassado

Domingo me deparei com uma frase elaborada por minha melhor amiga, Sámatha: "Relacionamento é que nem papel quando é amassado... não volta a ser igual !!! E escrever em cima de um papel amassado, é muito difícil. As vezes, quase impossível."


Sei que já falei inúmeras vezes sobre confiança.
Uma tecla que sempre insisto em bater...
Quando confiamos, entregamos muito do que somos, dos nossos desejos, da nossa essência.
Apostamos muito no que acreditamos no que o outro seja e vice-versa.
Minha amada inspiradora Teresa Cardoso deixou algumas postagens no mural do seu Facebook hoje e resolvi amarrar tudo...

"Na maioria das vezes, a pessoa que os outros acham que somos, só existe realmente dentro da cabeça deles.....Acho vem daí o grande número de frustrações nos relacionamentos."
Como disse anteriormente, apostamos muitas fichas e vice-versa, em uma ideia que fazemos da outra pessoa. Leia-se em:O amor é uma ideia e quando percebemos que a ideia fomos nós quem criamos, sofremos, nos frustramos e sempre achamos que o outro é errado.
Mas daí a pessoa tem as mesmas ideologias sobre nós, imagina que somos algo e não somos e quando se deparam com nossas verdades e imperfeições, não as aceitam e nos querem mudar.
"Quando eu me escolho, sei que estou perdendo coisas e pessoas....Mas eu me ganho. " (Hycner)

E essa última citação, para fechar o pacote, é sobre se escolher.
Quando nos colocamos em primeiro plano vamos de encontro a um mundo de críticas, de receitas que de o que fazer da sua vida...
As pessoas sempre tem a receita perfeita do que o outro deve fazer com a sua vida.
Me pergunto, se desse certo, muita gente teria uma vida perfeita.
Minha filha Anna me disse um dia que quando amassamos o papel, ele não serve para ser reciclado. Temos que picá-lo.
Então, batemos tudo no liquidificador da vida e refazemos um novo papel, com vários pedaços, de várias cores...
E neles reescrevemos uma nova história, ou a mesma, só que contada com cores diferentes. Cada um dá o tom que quiser. 


Um comentário:

Elaine disse...

É amiga! Temos que parar com essa ilusão de que tudo era como antes. Principalmente em questão de relacionamento. O melhor mesmo é cortar os papéis e reciclar, criar algo novo. Infelizmente com papel amassado é impossível reciclar. Bjos