segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Carnaval, carnaval, carnaval... as máscaras caem o ano todo, por que não no Carnaval?

Nada na vida fica escondido.
Uma pequena mentira, pode dar abertura para que venhamos a descobrir mentiras enormes.
Então, quando devotamos crédito e confiança nas pessoas, temos que ter cuidado com o chão onde pisamos.
Eu sempre tenho cuidado nos terrenos que vou pisar, principalmente no que cerne aos terrenos dos corações humanos.
Aquele que rouba uma bala, é capaz de assaltar um banco.
Aquele que omite um pequeno fato, pode omitir coisas grandiosas.
Aquele que mente uma bobagem, pode mentir algo catastrófico.
Eu tenho muito cuidado com as pessoas, prefiro ter uma desconfiançazinha em todo mundo, e as atitudes vão aos poucos mostrando se estou certa ou não.
E assim vou vivendo minha vidinha, com meu pézinho sempre atrás.
Precaução é sempre bom...
Fato é que as pessoas que mentem, omitem ou roubam, uma hora se entregam, caem em contradição e nessa hora temos que bater em retirada.
Sacudirmos a poeira e darmos a volta por cima.
E vamos dançar de novo, porque assim é a vida.
O bloco dos enganados versus o bloco dos mentirosos.


As pessoas tem que gostar das outras pela autenticidade e não pelos personagens que são criados para cada ocasião.
Tantas coincidências não são por acaso.
Mentira tem perna curta. 


Não achei um samba enredo bom para esse post, mas achei um rock'n roll do bom com o Lulu Santos.


Prestem atenção no que diz essa letra e divirtam-se:




Tudo Igual -  Lulu Santos  

Então é assim que a vida faz?
E sempre haverá um fim
Um pano rápido ou um plano
Lonjinqüo do horizonte e os créditos
Os personagens se revelam
Atores no aplauso final
E pra cada interpretação
O que lhe for proporcional...
Fica muito bem em cinema
Romance do romance ideal
Só vamo então deixar combinado:
Aqui é a vida real!
Não leve o personagem pra cama
Pode acabar sendo fatal
Então desmonta logo esta máscara
Voltamos à estaca zero
Fica tudo igual.. Normal






Um comentário:

Historias... As vastas faces de Mim disse...

Quanto mais leio seus textos mais tenho vontade de ler...
Amei esse como a tds os outros.
Tenho que aprender a ter um pé atras em relação as pessoas, meu defeito é confiar de mais nelas... e as que mais confio e amo, sao as que mais me magoaram e continuam, de uma certa maneira, magoando.
Beijos Flor!!
obrigada por compartilhar suas belas palavras com nós!