terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Última semana do ano

Hoje já é terça-feira da última semana do ano, e fico me perguntando:
Será que todos os seres humanos refletem sobre os feitos dos últimos 360 dias, ou só eu fico me consumindo em fazer um balanço do que foi minha vida esse ano?
Pensamos nos erros que cometemos com mais facilidade do que os acertos.
Muitos de nós culpam o ano que termina, quando na verdade, nossas atitudes é que foram responsáveis pela colheita ruim.
Quando avistamos um novo ano, avistamos junto com ele novas possibilidades de melhorar, mas antes de qualquer coisa, devemos ter consciência de que se continuarmos a ser os mesmos, nada vai melhorar.
Seja a mudança que você quer ver no mundo. Não é isso?!
O ano de 2011 para mim foi um ano de grandes mudanças.
Na verdade, foi um ano de reencontro comigo mesma. Com a minha essência perdida. 
Eu era um monte de pedaços e hoje me sinto quase inteira.
Digo quase porque nunca estamos 100% devido à nossa condição humana de eterna insatisfação.

Sempre vai nos faltar alguma coisa para completar.
Mas acredito profundamente que por mais minuciosa que seja minha análise de 2011 tenho muito mais coisas boas a somar do que ruins.
A começar pelas pessoas que conheci e as que conheci mais.
Foi um ano colorido, com vários lápis de cor para dar os tons.
E para finalizar um grande amor, que espero perpetuar pelos próximos anos.
Que no ano novo você mude.
É o que te desejo.






2 comentários:

Teresinha Cardoso disse...

Que felicidade a minha ter tido uma aluna como você! É sempre um presente poder ler os seus textos.O que você escreveu aqui merece ser ilustrado com uma poesia de Manoel de Barros que eu simplesmente amo...."A maior riqueza do homem
é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como
sou - eu não aceito.
Não agüento ser apenas um
sujeito que abre
portas, que puxa válvulas,
que olha o relógio, que
compra pão às 6 horas da tarde,
que vai lá fora,
que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.
Perdoai
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem
usando borboletas." Um Ano Novo muito feliz e próspero para você e sua linda família. Que você continue colorindo o seu mundo e o nosso.... Beijo no seu coração. Teresinha Cardoso

sônia Fequaresma disse...

menina de ouro..linda...