terça-feira, 2 de agosto de 2011

Mulherão versus Mulherzinha

Meus queridos leitores e leitoras,


Ultimamente, tenho lido muito o site Casal Sem Vergonha por ter um conteúdo interessantíssimo nos relacionamentos homos e heteros, mas foi lendo a matéria Mulherzinhas e Mulherões - uma nova definição que revi vários conceitos em minha vida.
Por mais que queiramos um mundo mais aberto, temos que admitir que a sociedade ainda é extremamente machista.
Os homens adoram mulheres inteligentes, engraçadas, que curtam uma cervejinha, que tenham um bom papo, dividam a conta da balada, e tal... 
Eu passei por uma situação assim uma vez, há muito tempo. 
" Ao seu lado eu me sinto bem, com você eu posso ser eu mesmo." 
Eu ouvi isso de um menino, quando eu era muito jovem e apaixonada. 
Ele me deixou e se casou com uma mulherzinha.
E eu resolvi mudar,  e ser diferente, para mostrar para ele que eu era capaz de ser certinha,  porque os homens só se casam com Mulherzinhas, mesmo querendo os Mulherões. 
Fato.
Só que na minha essência, eu continuava a ser um Mulherão, porque não sei ser frágil, não sei ser fútil e não sei ser múmia.
Meu nome não é Amélia.
Hoje, aprendi a me dar o maior valor por isso. 
Por ser Mulherão, por ser independente, engraçada, boa companhia, e, sinceramente, não estou disposta a desperdiçar meu potencial para agradar a homem nenhum.
Não pense que sou arrogante. 
Na verdade, não sei lidar com elogios. 
(Estou trabalhando isso em horas de terapia para aprender a aceitar meus valores.)
Os homens admiram os mulherões como eu. 
Eles cortejam, assediam, insistem... mas tem medo de se comprometer. 
Sim. Compromisso. 
Namoro, noivado, casamento, filhos...



Eles dizem: "Estou confuso em relação aos meus sentimentos", depois te enrolam, te mantêm sempre ali no lugarzinho confortável (para eles, é claro) e quando acham a Mulherzinha da vida deles te dão um belo pé na bunda e se casam com ela.
Sábado, um cara muito legal, amigo meu,  disse que eu boto medo nos homens, porque sou difícil de administrar. 
Acho que ele me elogiou, porque eu falava sobre como é difícil administrar um homem bonito...
(Isso quer dizer que sou bonita?! Fiquei com vergonha de agradecer.)
Mas isso não vem ao caso.
Os homens têm medo de mulheres como eu. 
Na verdade os homens assim , são uns inseguros que não confiam no próprio taco e precisam de Mulherzinhas para garantir sua masculinidade.

Então, retomando, quando eu digo que estou mudando alguns conceitos, bem, entendo que, talvez, aquele menino do passado tivesse medo de me administrar e que se fosse hoje, também teria. 
Tudo bem, eu não morri por isso, e se fosse hoje também não morreria.
E talvez quase todos os homens do mundo tenham medo de administrar mulherões como eu e como minhas amigas, que são todas mulherões. (porque coisas boas se atraem, não é mesmo, meninas?)
Quando tentam administrar, querem se sobrepor e derrubar nossa autoestima. 
Se não conseguem,  fogem assustados e se casam com as Mulherzinhas trocando uma vida feliz, divertida e bem vivida, por uma vida fútil e insossa que, talvez, com sorte e muita paciência, dure uns 15 anos, até chegar no limite da insuportabilidade.
Esses homens, continuarão com medo dos mulherões e, se, se casarem de novo, arranjam outra mulherzinha dentro dos padrões da primeira, porque são homenzinhos também. 
Verdadeiros frouxos, pois é assim que nós os vemos, um bando de covardes.
Hoje eu entendo isso, e não me espanto se essa história se repetisse na minha vida. 
Em suma, a nossa sociedade machista ainda separa as mulheres em "para casar" e "para se divertir".
Só que homens que fazem isso muitas vezes se esquecem que é uma via de mão dupla. 
Nós mulheres também podemos nos divertir com eles.
E mulherões não gostam de homenzinhos, fica a dica. 
Por isso Mulherão não fique triste quando um cara te dispensar, ou sumir sem deixar vestígios, com certeza ele não te merece e não compensa perder seu precioso tempo com alguém assim. 
Dignidade já! 
(como diria o fofoqueiro de um antigo programa da tarde)





6 comentários:

MahAraujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MahAraujo disse...

Acabei de crer, amiga: Eu SOU MULHERÃO e ponto final! Homenzinhos realmente não me atraem! Moralistas, orgulhosos e hipócritas, isso sim! Deixe que eles se casem com as mulherzinhas e vivam felizes ao lado delas. Eu realmente não me sujeitaria a ser tida como uma "mulherzinha". Abençoadas sejamos nós, os mulherões que habitam a órbita terrestre! Beijos ps: amei o post

Chris disse...

Obrigada amiga, sempre mulherão. ;)

Blog da Superação disse...

Amiga, amei esse post. Vou indicá-lo para outros mulherões com certeza. E seu blog é sim, sensacional. Muito bom mesmo esse texto. Fala muitas verdades a nosso respeito.Agora entendi tudo. Bjo enorme.

Anônimo disse...

Esse homenzinho casa-se com uma mulherzinha, tem filhinhos, a mulherzinha se esquece dele, porque teve filhinhos. A mulherzinha geralmente é neurótica, inferniza a vida dele em tudo. E depois ele vai pro boteco (escondido, porque ela não deixa) se encontrar com outros homenzinhos e reclamar dizendo que as mulheres "EM GERAL" são assim. E geralmente dizem para um mulherão, casada com um homem de verdade: eu queria ter uma mulher como você. Duuuhh! Adorei, Chris. Você arrasou como sempre.

Chris disse...

Amei os comentários amigas Irene Dias e Elaine Gomes :)