sexta-feira, 1 de julho de 2011

Por que os homens amam as mulheres poderosas?


O título do post se deve ao fato de uma leitura muito interessante, e diga-se de passagem, frustrante que fiz essa semana Por que os homens amam as mulheres poderosas?  de Sherry Argov.
O livro fala do que é uma mulher poderosa, e como se tornar uma.
Descobri que de poderosa não tenho nada.
Que sou o que chamam de boazinha.
E isso não é só nos relacionamentos com homens. 
É na vida em geral.TODO MUNDO se vê no direito de abusar das pessoas boazinhas.
O ser má não combina comigo.
O má a que me refiro não é maltratar, mas saber ser indiferente às pessoas que merecem ser tratadas dessa forma por mim. Se é que você me entende.
Existem pessoas que não te respeitam depois que você passa a fazer concessões.
E em todo relacionamento que existe entre seres humanos, um sempre faz mais concessões que o outro e depois de muito tempo abrindo mão de seus desejos, vêm reinvidicá-los no grito.
O que de nada adianta. 
No máximo, nos tacham como chatos e não nos dão ouvidos da mesma forma.
A mulher poderosa é admirada porque ela faz o que tem vontade, é economicamente independente, e sabe o momento certo fazer concessões, sem que essas a prejudiquem da forma que seja.
A boazinha coloca-se sempre em segundo plano. Ela aprende a contar a partir do número 2. Ela se esquece de que ela e somente ela é a pessoa mais importante e em seguida, vêm todas as outras.
(Desde pequenas somos criadas para sermos princesas indefesas e condescendentes com tudo, ninguém e ensina a ser a Mulher-Maravilha)


Eu não sou totalmente boazinha, mas estou tendendo mais para isto ainda.
Faço o que tenho vontade, desde que não prejudique a mim e a terceiros.
Sou economicamente independente.
Mas não ainda não aprendi a parar de fazer concessões que me prejudicam.
Estou num processo duro de aprendizado.
Recomendo a leitura a todas as mulheres, mesmo as poderosas que conheço, para que talvez se aperfeiçoem, para as Mulheres boazinhas  (Martha Medeiros) principalmente, para que aprendam a se amar em primeiro lugar, e quem mais quiser aprender a lidar como o ser humano, principalmente os do sexo masculino.
Não se esqueça: Seja a mudança que você quer ver.
Alguns sites que leio com certa frequência e que recomendo como guias de sobrevivência para mulheres poderosas e boazinhas:
Manual do Cafajeste
De repente trintei

Um comentário:

Aline disse...

Ai sim neh Chris....
Uma forma mais prática para esse leitura.....

Adoreiiiiiiiiii

Bjussss
Aline Fauez