domingo, 10 de abril de 2011

A infelicidade e a covardia

Acabei de falar com minha amiga Flávia sobre a ligação da infelicidade e da covardia.
Muitas vezes deixamos de fazer algo que queremos muito por medo de dar errado e assim nos privamos das possibilidades.
Existe a possibilidade de ser feliz tentando fazer alguma coisa em prol disso.
E existe também a possibilidade de ficarmos infelizes deixando a vida dar voltas, esperando sentados.
O medo de tentar é pior do que o próprio erro.
Nas relações amorosas, muitas vezes deixamos passar grandes oportunidades pelo medo de levarmos um fora:
 (toda vez que assisto esse vídeo, eu choro)
Passei esse vídeo pra ela e me lembrei de um amigo meu que dizia "O não a gente carrega no bolso, o máximo que pode acontecer é ganharmos um sim..." nada traduz mais isso do que esse vídeo.
Medo de tentarmos amar.
Algumas vezes temos medo de iniciar um novo trabalho, uma nova faculdade, um novo negócio, por medo de falhar, ou por medo do que os outros vão pensar...
Nos tornamos pessoas infelizes porque somos covardes. Estamos causando mal a nós mesmos. Nos machucando. Rasgando nosso coração.
Nos esquecemos que se não formos a primeira pessoa a nos tratar bem, ninguém vai tratar.
E se não sair da forma como esperávamos ainda assim, servirá como experiência.
Para tentarmos fazer um novo fim ou pelo menos para conseguirmos terminar os ciclos.
E para emendar o tema segue um post sensacional  quando buscava a Imagem abaixo assim que acabei de fazer esse post.





Nenhum comentário: