quarta-feira, 23 de março de 2011

O salto

Queria entender porque o ser humano em geral é tão inseguro.
Porque temos tanto medo de dar um passo rumo ao novo, ao que nos é incerto, ao que não sabemos...
Por que temos esse medo de nos jogarmos, num salto rumo ao desconhecido, que as vezes nem é tão desconhecido...
Porque algumas vezes sabemos bem onde queremos chegar, mas temos medo do caminho?
Queria não ter tantas dúvidas.
Graças a Deus a dúvida é inerente ao ser humano.
E eu posso me considerar uma pessoa absolutamente normal.
Para termos algumas coisas que queremos, temos que abrir mão de outras.
Porém nunca queremos abrir mão pelo medo de não ter como voltar atrás.
Quando a gente sai da casa dos pais da gente é assim.
Eles dizem: "Se eu fosse você não faria isso, porque não é bom."
Mas fazemos e não voltamos atrás, para não ouvirmos a odiosa frase: " Eu te disse".
Mais uma vez na porta do avião, pensando se devo me jogar.
Lançar-me ao novo, ao desconhecido.


O máximo que pode acontecer é termos a certeza de que com a queda não passaremos do chão.
Mas para alcançar o céu, temos que saltar, é inevitável.
Demo-nos as mãos, então.

Nenhum comentário: