segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Respondendo à Michelle Canedo



Sexta-feira, encontrei com a querida Michelle Canedo no Ponto do Churrasco e estávamos falando sobre meus posts.
Ele disse que tem achado meus posts muito apaixonados.rss...
Querida Michelle, bem, faz algum tempo que me apaixonei perdidamente.
Era uma pessoa que eu conhecia há muito tempo, mas que não prestava muita atenção.
Depois de sofrer por muito tempo, com amores que não me deram valor, depois de colocar sempre os outros em primeiro lugar, eis que olhei com mais atenção para esse alguém e hoje vivo uma paixão louca.
"Hoje eu acordei sem ter quem amar, mas aí eu olhei no espelho e vi, pela primeira vez na vida, a única pessoa que pode realmente me fazer feliz. (Caio Fernando Abreu)"
Estou  amando tanto esse ser, que algumas pessoas acham que enlouqueci, tendo em vista que me tornei uma pessoa um pouco mais egoísta.
Antes eu era só doação, hoje, me dôo a quem mereça e conforme é possível, desde que não me impossibilite de atender aos desejos da pessoa que mais amo.
Eu mesma.
That's it.

2 comentários:

Michelle disse...

Adorei! Eu tenho vivido isso e não tem preço!
Beijos

Suzana disse...

Por isso a Bíblia diz: "Ame ao próximo como a ti mesmo". Primeiro a si próprio, depois ao outro. Ninguém que não se ame saberá amar com equilíbrio e respeito. O amor a si mesmo é pre-requisito para o amor a outrem. "amar...como" implica em referencial pre-existente.
AMAR-ME PARA AMAR-TE. É bíblico.
Legal, né?
Ps.: Ei Chris. Lembra de mim?
Bjs.