sábado, 29 de janeiro de 2011

O amor é um ciclo ou um círculo vicioso?

Achei essa foto a mais inspiradora sobre o amor. Porque é o que todos os que amam esperam que o ciclo dure lá pelos 80 anos...

Sabe porque alguns relacionamentos amorosos, que pareciam ser eternos acabam?
Porque tudo o que existe nesse mundo são ciclos. Inclusive o amor.
Por isso temos que vivê-lo intensamente no intervalo de tempo que durar, porque assim como nós ele morre.
Martha Medeiros, tem uma citação muito interessante sobre o ciclo do amor: 



"Gaste seu amor. Usufrua-o até o fim. Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize. Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade. Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo.
Isso é que libera a gente para ser feliz de novo"


Depois de dar a volta em torno de si mesmo, o amor acaba. Mesmo porque ele é eterno enquanto dura. Pode ser a eternidade dos nossos 80 anos, velhinhos, ao lado daquela pessoa que escolhemos para viver a vida, mas um dia ele vai acabar, é fato. Porque infelizmente a morte põe fim a tudo. Até ao amor.
Martha ainda diz que:


"...este trajeto do amor pode ser percorrido em algumas semanas ou durar muitos anos, mas é importante que transcorra de ponta a ponta, senão sobra lugar para fantasias, idealizações, enfim, tudo aquilo que nos empaca a vida e nos impede de estar aberto para novos amores. Se o amor foi interrompido sem ter atingido o fundo do pote, ficamos imaginando as múltiplas possibilidades de continuidade, tudo o que a gente poderia ter dito e não disse, feito e não fez. Gaste seu amor."


Quem não aceita o ciclo do amor está fadado a entrar num grande circulo, e vicioso, passa a girar em torno de uma outra pessoa, condicionado a viver pelo o outro e não pelo amor, porque este, já se foi, ou sequer existiu numa relação doentia.
Temos que pensar que se durar semanas, meses, dias, anos sem deixar aquele gosto amargo na boca, é porque chegou a hora de fechar o ciclo e iniciar outro.
Porque amor é para fazer bem, trazer brilho pra alma, brilho esse que é refletido através dos nossos olhos.
Se sua alma não brilhar, não tem sentido amar.
Em suma, aceite, acabou, bola pra frente.


Mesmo que você esteja simples e completamente apaixonado por si mesmo.
Falamos aqui do amor entre pessoas de sexos opostos, ou não, que estão dispostos a  dividir a vida, o corpo e a alma com outra que busca algo semelhante.
O amor carnal, espiritual, cúmplice, companheiro (o beijo, o colo, o cafuné, a conchinha de noite pra dormir)... que faz falta para todos os seres que coabitam esse planeta, humanos ou não. 







E não se esqueça : 

Nenhum comentário: