quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

"Homem primata capitalismo selvagem"

Uma das maiores lembranças de minha infância 2001 A Space Odyssey

Como diria uma das minhas bandas de rock nacional preferidas, "Desde os primórdios até hoje em dia O homem ainda faz O que o macaco fazia" (trecho de Homem Primata, dos Titãs).
E é no final do ano que o ser humano mostra seu lado mais primitivo, fazendo questão de lembrar a todos sua descendência do macaco.
Eu como todos sabem não gosto de sair de casa no período que antecede ao Natal.
Os engarrafamentos nas grandes cidades, são enlouquecedores. O corre-corre de pessoas nos supermercados, atropelando os outros com seus carrinhos pesados, nas calçadas as sacolas e sombrinhas que nos dilaceram os membros e nos furam os olhos.
Porque mesmo não estando chovendo hoje, o calor de 35ºC em nossa cidade, dá pra fritar qualquer criatura andante.
Mas tomados pelo capitalismo selvagem, a grande maioria de nós não se importa com isso e deixa tudo para a última hora.
E disputam a tapas os objetos das lojinhas de R$1,99, ou aquela roupa de baixo de R$ 9,99... vemos mulheres quase se estapeando. 
Terça-feira na faixa de pedestres fui empurrada por uma senhora de meia-idade enquanto atravessava com minha filha...
Pedi a Deus para me dar paciência porque se eu pedisse força, matava...
Enfim, é o espírito do Natal, se ele tivesse um nome, nem sei qual seria... 
Porque Jesus, este,  já não é lembrado por quase ninguém a mais de 2000 anos.
Então não me venha falar da hipocrisia que é o Natal porque não caio mais nessa.
Já sou crescidinha pra acreditar em Papai Noel.

Nenhum comentário: