domingo, 19 de dezembro de 2010

De alma lavada



Nas últimas semanas vinha me consumindo, me sentindo a pessoa mais burra e incompetente da face da terra.
Tudo isso, porque fui mal numa prova de concurso.
Até aí normal, não?! Quem não vai mal numa prova de concurso público?
Mas acredito que ninguém que tenha feito faculdade de qualquer licenciatura, tenha afundado na prova de sua disciplina.
Confesso que fui um pouco soberba, deixei de estudar Português porque achei que me garantisse e porque NUNCA tinha tirado menos de 80% numa prova desde que tinha 7 anos de idade.
Enfim, não fui mal por displicência, porque li e reli minha prova umas quatro vezes.
Geralmente, como diz meu amigo Dudu da faculdade, faço provas no melhor estilo The Flash.
Mas depois de todo o stress que passei para fazer essa prova, confesso que me mantive muito calma. Coisa que seria praticamente impossível em se tratando de minha pessoa.
Ontem a noite minha amiga Vi me ligou falando sobre os recursos que foram julgados e vi que passei no concurso.
Pelo menos minha linda redação pode ser corrigida, o que me deixou muito feliz.
Posso nunca ser chamada pro cargo. 
Mas estou de alma lavada, porque acertei mais questões na prova e vi que não sou incompetente e muito menos burra.
Me deu uma nova energia esse fim de ano.
Meu trabalho maravilhoso, as pessoas encantadoras que Deus colocou na minha vida no último mês e principalmente a certeza de que posso conseguir tudo o que eu quiser se me esforçar um pouco mais.
Eu sou mais que vencedor
Nada nessa vida é impossível pra mim
Eu nasci pra conquistar
Nada nessa vida é impossível pra mim
Nada Nada nessa vida é impossível pra mim
Impossível é uma palavra muito grande que gente
pequena usa pra tentar nos oprimir (Charlie Brown Jr.)"

Nenhum comentário: