terça-feira, 3 de agosto de 2010

Os meus 7 pecados capitais - Capítulo II A Ira

Hoje especialmente e de TPM (tocou, perguntou, morreu!) vou falar sobre o pecado da Ira. Segundo a Wikipédia "Ira é um intenso sentimento de raivaódiorancor, um conjunto de fortes emoções e vontade de agressão geralmente derivada de causas acumuladas ou traumas. Pode ser visto como uma cólera e um sentimento de vingança, ou seja, uma vontade frequentemente tida como incontrolável dirigida a uma ou mais pessoas por qualquer tipo de ofensa ou insulto." (http://pt.wikipedia.org/wiki/Ira)
Sou uma pessoa muitíssimo estressada, mas quando estou de TPM, isso se eleva à centésima potência, e não tem barra de chocolate que dê jeito no meu incontrolável desejo de trucidar qualquer coisa que se mova.
Então, tem pessoas que não tem amor a vida e insistem em provocar.
Quando eu estiver de TPM, enfrente o capeta, mas não mexa comigo. Vou achar que tudo é provocação, vou levar tudo para o lado pessoal, vou ouvir as tolices habituais das pessoas e vou dar coices a torto e a direito.
Quem me conhece sabe disso.
Minha Ira em alguns casos é temporária. Posso ficar irada com alguém por milésimos de segundo e depois esquecer de tudo.
Quem me conhece também sabe disso.

(adorei a menininha arrancando os cabelos)

Espertos são os que me irritam pelo msn. 
O ruim é que tomados pela Ira conseguimos fazer uma merda enorme em um milésimo de segundo.
Se contar até dez não adianta, aumente a dosagem, conte até mil se for preciso.
Tome uma fluoxetina. Mas não faça nada de que possa se arrepender.
Sei que as vezes temos gana de matar alguém com as nossas próprias mãos, e muitas pessoas fazem isso no momento de Ira, mas, tem certos indivíduos que não merecem que apodreçamos na cadeia por causa deles.
Pense nisso. Eu penso. Se não pensasse, não estaria aqui.
Certamente, em algum presídio. rss...

Nenhum comentário: